Rádio na capital nacional

Categoria Estilo de vida na cidade de Québec Data 23/02/2015

Escrito porMasaru Hoshi

Eu preciso contar sobre algo que eu gosto muito: rádio.

Eu nasci em uma geração que ficou no meio termo entre o clássico e a inovação. Fomos os primeiros a ter vídeo games, a experimentar os primórdios da internet, telefones celulares de 4kg e por aí vai. Eu sempre gostei de rádio, mais até do que televisão. É um meio onde a interação das espectadores é constante. Além disso, o radialista tem que ser bom pra saber combinar a dose certa de personalidade , senão ele acaba sendo ou um tagarela ou só alguém que troca músicas.

st-patrick

Eu sou fã de rock’n roll e devo muito disso ao meu amigo Júnior com quem um dia tive o prazer de ter minha primeira banda. Quebec tem a fama de ser a capital do heavy metal da América do norte. Eu nunca entendi de onde nasceu essa fama, mas você consegue constatar isso ao ver chamadas durante o ano inteiro sobre shows de bandas como Nightwish, Sonata Artica, Metallica, Dream Theatre, Iron maiden, Children of Bodom e muitas outras. E as pessoas realmente vão aos shows, chegando a lotar as casas e todo mais.

power-nation 

Mas eu tenho que jogar um balde dágua fria em quem pensa que rádio e rock se misturam bem em Quebec. Pra falar bem a verdade, as rádios são bem decepcionantes em termos de programação musical. Em uma delas parece que a programação musical parou nos anos 80! Já ouvi Kaoma, Jordy, Michel Teló (tá, esse não é antigo mas… Dá-me paciência), sem falar em todo o repertório do Quebec de 1930 a 1970. Apesar de Quebec ser bem conhecida como capital do heavy metal da América do Norte, em termos de rádio ela deixa muito a desejar.

Mas talvez o mais irritante mesmo é a quantidade de rádios onde quase não tem música e as pessoas ficam só conversando. Não me entenda mal, eu adoro programas de entrevistas e discussões na rádio (não é a toa que eu tenho um podcast) mas tem limite pra tudo e essas rádios não conhecem esse limite!

Pra fechar esse assunto, você tem três escolhas:

  1. Se você gosta de música e gosta de rádio, de segunda à sexta-feira geralmente após as 18h, você consegue ouvir um bom som em algumas rádios.
  2. Se você gosta de música, não liga pra rádio, aprecia diferentes estilos e gosta de ficar por dentro de tudo o que ela na cena musical mundial, comece a usar a internet mais e assine um serviço de música via streaming ou compre aquilo que você gosta. Você vai entender do que eu estou falando. 
  3. Se você está pronto pra se integrar, escute as rádios locais. Sem sombra de dúvida você vai aprender muito em muito pouco tempo. 

Foto de Robert Ashworth.